Tuesday, August 28, 2007

É nós, em Sampa



Cheguei em São Paulo , pensando em voltar logo após nossa apresentação na Cinemateca, mas, aí Zeh Rocha chegando de Recife, me convida pra uma participação em seu show no Sesc Ipiranga nessa sexta 31/09. De cara topei a parada e tamos aqui.O pessoal de Santo André nos acolheu muito bem, de cara rolou aquela feijoada oferecida pelo Cilinho e Nery Silvestre, produtor de Zeh Rocha, todo pessoal aqui de SA tem um pezinho no nordeste e nos deixa em casa, tudo gente como a gente, muito massa.
Enquanto isso estivemos com Pedro Osmar que participou do show no Sesc Consolação dia 22, e nos convidou a conhecer a Arca, uma associação de artista e músicos de Ribeirão Pires cidade do grande ABC. Esse pessoal realiza trabalho muito bacana, formando e disponibilizando material para a formação artística dos jovens dessa cidade de clima serrano, na verdade muito frio pra gente. Pedro Osmar abriu a noite com recital de poesias de poetas paraibanos,a começar por Augustos dos Anjos, passou por Jomar Souto até chegar a formação do Jaguaribe Carne.Um vídeo patrocinado pelo Itau Cultural documenta o grupo dos anos 70 que até hoje permanece em atividade, esteja Pedro Osmar onde estiver.Fechamos a noite com muita música e tocamos eu , Zeh Rocha e o Pedro Osmar terminamos criando com o público uma roda de ciranda e a noite de céu aberto completou a cena. Depois durante a semana estivemos com Vicente Barreto, o grande compositor baiano, as pessoas lembram dele sempre como o autor de morena Tropicana, mas o cidadão tá com um show pronto só de pedradas, parcerias com Paulo Cesar Pinheiro,Carlos Rennó. E aí, ele e Zeh Rocha, parceiros também que não se viam a mais de dez anos, se reencontraram e foi um festival de canções de mestres, isso, estávamos diante de um momento de arte no seu estado mais vigoroso, quando se faz música pelo simples prazer de mostrar ao amigo e ouvir de volta o que outro vem fazendo, demais. De quebra, ainda tivemos a grata surpresa de conhecer o Rafael Barreto que tá com trabalho maduro, seguindo a verve brasileira do pai e o violão trabalhado, muito bom.
Hoje vamos ao CityBank Hall ouvir a Orquestra Popular de Recife sob a batuta do maestro Ademir Araújo e Lenine. depois falo como foi o calor do carnaval de Recife no frio de São Paulo.

Monday, August 27, 2007

Zeh Rocha no Sesc Ipiranga




ZEH ROCHA
O compositor pernambucano, vem apresentar em São Paulo o seu mais recente trabalho, o CD Tear. Acompanhado por sua banda formada por Juliano Holanda (baixo e vocais), Amarelo (percussão) e Rudá Rocha (bateria), Tear é o segundo trabalho solo, que, sem perder a sua regionalidade, abre caminho para o novo. Zeh foi tecendo seu Tear até chegar nesse completo e sonoro CD, um misto de sonoridade, encantamento e leveza, onde música e poesia se completam com maestria. Teatro. 1 R$ 15,00; R$ 7,50 (usuário matriculado). R$ 6,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes).

Dia(s) 31/08 Sexta, às 21h.
SESC Ipiranga


Endereço
rua Bom Pastor, 822
Ipiranga
São Paulo - SP
cep 04203-000
mapa de localização

telefone: 11 3340-2000
fax: 11 6215-8418
e-mail: email@ipiranga.sescsp.org.br

Tuesday, August 21, 2007

Show Zeh Rocha em São Paulo



SESC Consolação

Dia(s) 22/08 Quarta, às 19h30.
Grátis

ZEH ROCHA

Parceiro de Lenine, este pernambucano vem com a banda para mostrar as músicas de seu último cd “Tear”. Já gravaram suas músicas cantores como Elba Ramalho, Carol Sabóia, Zé Renato e outros. Com seu violão e sua banda, ele canta e toca suas composições recheadas dos mais diversos gêneros do nordeste como maxixe, maracatu, baião, frevo, etc.

Chambaril | Em Busca da Cachorra Perfeita

Thursday, August 02, 2007

I JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO




Pessoal, dia 10 de agosto estarei em São Paulo convidado pela Cinemateca brasileira para participar da l Jornada de Cinema Silencioso, evento que conta com apoio da Fundação Joaquim Nabuco-FUNDAJ, a Cinemateca brasileira está restaurando parte do acervo dessa instituição, e provavelmente teremos uma edição desse evento aqui em Recife ainda esse ano.

Convidei o amigo Pi.R, tecladista e programador de samples, e estamos juntos criando trilha para tocar ao vivo, durante projeção do filme Veneza Americana de Falangola.

O evento começa no dia 10 de agosto, mas nossa apresentação será no dia 12/09 ás 19 h.Veja a programação completa no site da Cinemateca, abaixo em link.

No fime, imagens do Recife dos anos 20, chegada dos Bondes para inauguração da linha que levava a Boa Viagem, e claro que vamos incluir música do meu CD Atleta do Cotidiano, a faixa Pernambuco Tramway's Co.

abraço, Alexmono
Vai em anexo programação completa.
Ouça aqui Pernambuco Tramway's Co.
www.myspace.com/atletadocotidiano


clique em cima p/ ver programação completa >
I JORNADA BRASILEIRA DE CINEMA SILENCIOSO

10 a 19 de agosto de 2007

A I Jornada Brasileira de Cinema Silencioso acontece na Cinemateca Brasileira, com patrocínio do Banco Santander e apoio da Caixa Econômica Federal, do Goethe-Institut, da Imprensa Oficial, da FIAF (Federação Internacional de Arquivos de Filmes), do programa Ibermedia, da Fritz Dobbert e da Quanta. 41 filmes - entre inéditos ou raramente projetados nas telas brasileiras - e 30 atrações musicais compõem o evento, além de exposições, conferências e oficinas com estudiosos e músicos que se dedicam à pesquisa sobre o cinema silencioso. Toda a programação, exceto as oficinas com instrumentistas alemãs especialmente convidadas, tem entrada franca.

A idéia da Jornada surgiu nas reuniões de pesquisadores ligados à área de cinema que acontencem regularmente na Cinemateca Brasileira desde 2002. Ao longo desse período discutiu-se a possibilidade de ampliar o debate sobre o tema e recriar para os espectadores contemporâneos a experiência do espetáculo cinematográfico dos primeiros tempos, a exemplo do que já acontece nos festivais II Cinema Ritrovato, promovido pela Cinemateca de Bolonha, e Giornate del Cinema Muto, ambos na Itália.

Um dos objetivos da Jornada é apresentar o cinema dos primórdios do século 20 como resultado direto das experimentações técnicas e estéticas que marcam a modernidade urbana. Uma gama considerável de gêneros narrativos e estilos de interpretação, além de efeitos especiais e processos de colorização bastante sofisticados, poderão ser conferidos durante a programação.

Tão importante quanto a escolha dos filmes foi a seleção dos músicos que acompanharão as projeções. Com curadoria de Livio Tragtenberg, as atrações musicais estão em sintonia com a diversidade de temas e estilos dos filmes apresentados no evento. André Abujamra, Arrigo Barnabé, Michelle Agnes, Maurício Takara, Jorge Peña, Wilson Sukorski, os grupos Patife Band e Frame Circus, Alex Mono (PE) entre outros, estão entre os convidados. Para as chamadas Sessões assinadas, personalidades como o cineasta Carlos Reichenbach, o maestro Julio Medaglia e o ilustrador MZK foram convidados a construir trilhas sonoras com músicas pré-existentes revelando combinações insuspeitas.

A mostra de filmes vai ocupar as duas salas da Cinemateca Brasileira. As projeções com acompanhamento musical serão realizadas na Sala Cinemateca/BNDES. Na Sala Cinemateca/Petrobras, a programação será exibida sem acompanhamento musical, com exceção das Sessões assinadas.

A I Jornada também terá oficinas com músicos estrangeiros convidados. A pianista Kirsten-Eunice Martins, residente do cinema Arsenal de Berlim, a meca do cinema silencioso na Alemanha, e Robyn Schulkowsky, percusionista que trabalhou com John Cage e Stockhausen, vão oferecer oficinas voltadas à criação musical para filmes silenciosos.

A relação música e cinema silencioso também será tema de uma das mesas de debates promovidas pela I Jornada. Os processos de restauração de filmes e o estágio atual das pesquisas sobre cinema silencioso no Brasil também serão discutidos por pesquisadores e profissionais convidados.

Além das salas de cinema, a Cinemateca terá outros espaços voltados para o evento, como a exposição de objetos antigos e equipamentos de cinema da coleção de M. Padovan e da própria instituição, além de uma exposição de fotos do cinema silencioso instalada nos jardins da Cinemateca.
A I Jornada Brasileira de Cinema Silencioso apresentará produções brasileiras e estrangeiras restauradas e conservadas por importantes arquivos de filmes como George Eastman House, a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, a Cinemateca da Suécia, o Arquivo Nacional de Imagem do Uruguai e a própria Cinemateca Brasileira - responsável pela restauração dos filmes pernambucanos dos anos 20 que serão apresentados e pela realização do evento.

>I Jornada Brasileira de Cinema Silencioso
>10 a 19 de Agosto de 2007
>
>Cinemateca Brasileira
>+ 55 11 3512-6111 / R. 108
>
>Lgo. Senador Raul Cardoso, 207
>Vila Clementino - SP/SP
>CEP: 04021-070

Sunday, July 15, 2007

atleta do cotidiano | alexmono & modaltransgress


Ha tempo que estava desejando postar o cd inteiro,
logo abaixo, após ficha técnica vai o link.

[ alexmono & modaltransgress ]
O CD atleta do cotidiano teve a produção artística do próprio Mono em parceria com os músicos Gabriel Furtado e Igor Medeiros. E foram gravadas doze (12) canções de autoria de alexmono, e também em parceria, uma com Rogerman, três raps incidentais das bandas, Os Procurados, MM Dub e a Drogaria & Bazar e uma canção de domínio público interpretada por Zé Rocha.
Produzido por Alex Mono, Gabriel Furtado e Igor Medeiros. Gravado e mixado por Gabriel Furtado e Igor Medeiros no Estúdio do Poço em Casa Forte, Recife - Pe, entre março de 2002 e outubro de 2003. Direção Artística: Alex Mono. Assistente de estúdio: Pi-R; exceto viola dinâmica tocada por Caçapa na faixa monocultura gravada por Flávio Mamoha. Pré-produção: Igor Medeiros, Gabriel Furtado e Alex Mono. Pro-tools: Igor Medeiros e Gabriel Furtado. Masterização: Carlos Freitas Classic Master. Capa: Perfomance Maurício Silva. Projeto gráfico: Carlós|Assembleia67. Fotografia: Antônio de Pádua.

01 viver é perigoso demais (alex mono)
02 garrafada (alex mono/chiquinho)
part. especial - drogaria & bazar
03 atleta do cotidiano (alex mono/marcelo santana e massacre)
04 promessas (alex mono)
05 e a gente samba... (alex mono/rogerman)
part. especial - rogerman
06 monocultura (alex mono)
07 festa da lavadeira (alex mono)
part.especial zé rocha - voz e violão música incidental - rainha do mar (domínio popular)
08 preto e branco (alex mono)
09 céu de chumbo (alex mono)
part.especial - mombojó
10 do lado de fora (alex mono/16/mico preto)
part.especial - Procurados
11 pernambuco tramway’s co. (alex mono)
12 paraíso terrestre (alex mono)

Atleta do Cotidiano | alexmono & modaltransgress
download here

Wednesday, June 06, 2007

DVD | Recife Transatlântico Sound's


O Projeto Recife Transatlântico Sound's foi realizado pelo Fórum Permanente da Música de Pernambuco em parceria com a Prefeitura do Recife e a Universidade Federal de Pernambuco.
Reune músicos de diversas gerações e diferentes propostas do cenário musical pernambucano.

Tem como objetivo colaborar com os músicos na exposição
dos seus trabalhos junto aos produtores de eventos e festivais.

forumdamusicape@yahoo.com.br

Bongar | Acorda Maria




Almir de Oliveira | Blitz (Almir de Oliveira)



Geraldo Maia | Mestiçagem ( Antonio C Nóbrega e Wilson Freyre)





Alexmono | Promessas




Contrabanda | Morena



Treminhão | Sertão



Terra |O Samba Também é Nosso




Azabumba | Sobrados




Zeh Rocha |Tribos da Mãe Guardiã



Pandeiro do Mestre | Meu barco ligeiro


Sunday, May 06, 2007

Entrevista com Hélio Costa



Fiquei sabendo dessa entrevista a partir desse blog muito interessante que trata de comunicação livre, isso nos afeta diretamente, conheçam; Mídia Tática

Thursday, May 03, 2007

Azabumba

Cemitério dos Barcos



Sem Guia

Alessandra Leão e Florencia Bernales

Show de Alessandra Leão no Encontro de Comadres 2007, participação da cantora argentina Florencia Bernales na música "Odete".

Friday, April 27, 2007

Recife Transatlantico Sound's

Assistam, domingo 29 de Abril, às 22 horas, na TV Universitária de Pernambuco.

Anunciado para ir ao ar na semana passada, O DVD Recife Transatlantico sounds, produzido pelo Fórum Permanente da Música Pernambuco em parceria com a Articulação Musical Pernambucana será exibido domingo, às 22h, na TVU. O programa foi gravado no Teatro do Centro de Convenções da UFPE. Participam Bongar, Geraldo Maia, Coco de Toré Pandeiro do Mestre, Zeh Rocha, Treminhão, Azabumba, Alex Mono, Almir de Oliveira, Izidro, Grupo Terra, Contrabanda.




powered by ODEO

Wednesday, April 11, 2007

PROJETO ANTENADO



Teatro do Parque, Recife

nessa sexta feira dia 20 de abril

às seis e meia (18:30 h).


Antenado, é o nome do projeto itinerante que irá reunir shows com bandas de gêneros e estéticas diferentes e realizar entrevistas com artistas de outros segmentos artísticos.

Para essa edição foram convidadas as bandas, Grupo Terra, que trabalha o samba de raiz, o samba funk do Negroove, a banda eletrônica Chambaril e o cantor e compositor Alex Mono.
O mestre de cerimônia será o comunicador Quéops Negão do coletivo multimídia Media Sana.

A proposta tem como finalidade também a gravação e produção de um programa musical para televisão e internet. O programa será distribuído para as TVs Universitárias e rede de TVs públicas no Brasil.

O projeto durante o ano sairá percorrendo a cidade, com eventos no mesmo formato, o próximo será em Casa Amarela, na comunidade do grupo Terra, que já possui público cativo.

O objetivo é levar informação cultural de forma clara, sem hermetismos, para todos os públicos de diferentes idades e classes sociais.
Reunir artistas de mais de um segmento cultural e bandas de gêneros musicais diversos no mesmo evento, para atrair outros públicos.

Para dar início ao projeto, o local escolhido foi o palco do Teatro do Parque no centro do Recife, na sexta-feira, 20 de abril de 2007 no horário das 18:30 h, (seis e meia).


Durante as gravações serão entrevistadas pessoas da platéia, artistas convidados artistas plásticos, poetas, músicos e público em geral.
Também serão abordados assuntos de interesse público na área da cultura, as políticas culturais, como as leis de incentivo, os conselhos de cultura, o sistema nacional de cultura e a questão da música e os meios de comunicação no país.

O cineasta Daniel Aragão será o responsável pela edição do programa, e a captação e mixagens do áudio a cargo do Estúdio do Poço.

O projeto conta com o apoio da Fundação de Cultura da Cidade do Recife e da Secretaria de Cultura de Recife.

Contato – Alex Mono – 81 9212 3639

Assistam as atrações aqui

Negroove


Chambaril
Em Busca da Cachorra Perfeita

Tuesday, April 10, 2007

Friday, March 30, 2007

Zeh Rocha no Teatro do Parque


Hoje sexta feira dia 30 no teatro do Parque Zeh Rocha faz lançamento do seu segundo CD. Tear é o título do trabalho, também no domingo ele estará na livraria Cultura no Paço da Alfândega, bairro do Recife Antigo às 17 h autografando o cd.

Ouça clicando aqui, chamada para o show com Sandra Bitencourt da rádio CBN.

Saturday, March 24, 2007

Friday, March 09, 2007

Mestre Ambrosio - Pé de Calçada - Mulheres do Eldorado

Afoxé Ara Odé

Banda de Pí­fanos de Caruaru

POETAS FRANCINALDO E ZÉ OLIVEIRA

Dj Dolores e Santa Massa | Sentado na Beira do Rio -

Cantam Isaar e fábio Trummer

Carfax | Aqui, Ali ou em Qualquer Lugar

Karina Buhr | Desterro (Reginaldo Rossi)

Gonzagão Salve o Rei do Baião

laura bush tem um senhor problema - mundo livre s/a

laura bush tem um senhor problema - mundo livre s/a

Add to My Profile | More Videos

Ortinho agora fala para o Escracho dos festivais parte 3

Zeh Rocha

shows in Nordeste Brasil

Add to My Profile | More Videos

Thursday, March 08, 2007

Nação Zumbi - Propaganda

As rádios comerciais na berlinda em Recife

Na próxima quinta feira dia 15/03, ás 14 h,

a TV NOVA canal 22 vai tratar da falta de

espaço para a diversidade da música

nas rádios pernambucanas.

A diretora do programa Maristela diz que

a intenção do programa Liberdade de Expressão

é ter algum tipo de encaminhamento, após os

próximos quatro programas em que o assunto será

abordado. O tema entrou na berlinda, na semana

passada estive na TV Jornal ao lado do jorna-

lista Marcelo Pereira, editor e colunista do

Jornal do Commércio do mesmo grupo da TV Jor-

nal, e lá a atração do dia era o Adilson Ramos,

cantor popular dos tempos da jovem guarda, e,

que ainda hoje tem público cativo, êle também

denunciou que as rádios não tocam mais suas

canções se não houver o famigerado JABÁ, até o Reginaldo Rossi

o Rei, tá na mesma situação, disse ele, então se esses artistas

com público certo, que agregam audiência para as

rádios, estão tendo que pagar JABÁ, imaginem como

ficam aqueles artistas emergentes, que precisam

divulgar sua música na rádio para começar a

formar sua platéia.

Vamos lembrar que as rádios são concessões públicas

e portanto estão sujeitas a intervenção por parte

do poder público, quando não respeitam as leis e

não cumprem sua missão precípua de formação cultural

como diz de forma muito clara o regulamento dos serviços

de radiodifusão no Brasil.

CAPÍTULO II

Da Finalidade dos Serviços

Art. 3º - Os serviços de radiodifusão tem finalidade educativa e cultural, mesmo
em seus aspectos informativo e recreativo, e são considerados de interesse nacional, sendo permitido, apenas, a exploração comercial dos mesmos, na medida em que não prejudique esse interesse e aquela finalidade.

Wednesday, March 07, 2007

Podcast | Pela Diversidade Musical


Click here to get your own player.



subscreva e receba as minhas atualizações no seu pc.

Lia de Itamaracá no Atitude

Orquestra Popular do Recife | Maestro Ademir Araújo

DOCTV - Ensolarado Byte - PE

Otto | BoB

Rádio de Outono | Além da Razão

CLIPE SOULFUNKYBROWN -CINVAL COCO GRUDE

Deixe seu rastro aqui, e comente.

Recife Transatlântico Sound's



powered by ODEO

100 Anos de frevo - Marco Zero Parte 3 - Lenine

Eta Carinae -100 anos de frevo:Ecos

Passista de Frevo



Pátio de São Pedro

A Troça nos Cem anos do Frevo



Marco Zero, Recife Antigo

100 Anos de frevo - Marco Zero Parte 5 - Antônio Nóbrega

Spok Frevo Orquestra

Cumbia do Lutador "Academia da Berlinda"

A Roda na Liv. Cultura

Nação Zumbi - A Ilha

Siba - Maracatu Rural Nazaré da Mata

Tuesday, March 06, 2007

Nação Zumbi - Meu Maracatu Pesa Uma Tonelada

Zeh Rocha O Tear sonoro

Alceu Valença - Vou Danado Pra Catende (1975)

Silvério Pessoa no Clipe Carreiro Novo

Entrevista de Lenine 1 Hora !!!!

Lenine Ninguém Faz Idéias



Lenine in Cité de La Musique in Paris

Atirador_Lula Queiroga

Nação Zumbi - Blunt of Judah

mundo livre s/a - azia amazonica

Mundo Livre S.A

Mestre Salustiano & The Nation Beat



Inusitado

MONJOLO - "Samba do Sequestro"

Coco Raízes de Arcoverde

Negroove

Chambaril em Lomundo

THE PLAYBOYS - PAULO ANDRÉ NÃO ME OUVE!